• Evanio Magalhães

Tão somente esforça-te!

“Ora, pois, esforça-te, Zorobabel, diz o Senhor, e esforça-te, Josué, filho de Jozadaque, sumo sacerdote, e esforça-te, todo o povo da terra, diz o Senhor, e trabalhai; porque eu sou convosco, diz o Senhor dos Exércitos.” Ageu 2:4.


Uma verdade da qual pouco nos atentamos é o chamado de Deus a nos esforçarmos. Este chamado está presente em muitos momentos da Bíblia, desde Moisés ordenando a Josué a esforçar-se, passando por Ageu conclamando Zorobabel e Josué, indo até Yeshua prometendo a salvação a aquele que perseverar até ao fim. Em todos esses momentos vemos claramente o chamado ao esforço e à perseverança.


A verdade é que ao servo de Deus nunca foi prometido um caminho fácil. Yeshua deixa isso muito claro em sua parábola ao dizer que:


“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.” Mateus 7:13,14.


A decisão por servir a Deus é uma escolha por abnegação, renúncia, e desprezo da própria vida, em prol de um propósito maior do que a si, em prol de fazer o Reino de Deus ser estabelecido neste mundo, levando ao mundo o conhecimento da justiça de Deus através da prática de seus mandamentos.


Este chamado de esforço e perseverança constantemente nos leva a refletir sobre o que de fato é importante nas nossas vidas. Porque nos esforçarmos tanto, perseverar mesmo em meio as adversidades, lutar contra nossas próprias inclinações e contra desejos pecaminosos. Lutar contra ideários e imaginações, opiniões diversas de pessoas próximas que tentam nos aliciar para a rebeldia. Qual a recompensa que aguardamos?


Todas as cartas que Yeshua endereça às sete igrejas no Apocalipse remontam a esta reflexão. Todas elas chamam seu povo ao esforço e perseverança, e todas elas trazem promessas grandiosas para os vencedores.


Nosso objetivo é sim vencer. Não vencer pessoas, não vencer nesta vida como muitos lutam, mas vencer a nós mesmos, levando nossa carne com suas concupiscências à cruz do Messias, buscando obedecer a seus mandamentos para com ele ressuscitar para o Reino Vindouro e perene.


O nosso prêmio não pode ser comparado a nada neste mundo conhecido, pois nem mesmo o mais afortunado homem pode, com suas riquezas, trazer vida eterna ao seu corpo corruptível. Nosso prêmio também não é apenas a vida eterna, pois, segundo as Escrituras, todos ressuscitarão, uns para a vida, outros para a vergonha e desprezo eterno.


Nosso prêmio é viver eternamente na Graça de nosso Deus, tendo nosso espírito pleno do Shalom do Eterno, experimentando a alegria e plenitude de nossa existência: o nosso Deus.

Diante de tão grande prêmio prometido, temos a certeza de que todo o esforço, toda a perseverança, toda a renúncia, toda a abnegação, toda a batalha travada será justamente recompensada com uma boa medida, sacudida, recalcada e transbordante de Vida.


“Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, para teres o cuidado de fazer conforme a toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda...” Josué 1:7a.


Que o Eterno nos abençoe.

#Esforço #Perseverança #Fidelidade #Obediência



10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo