• Evanio Magalhães

Esses são dias de Elias?

“E, respondendo ele, disse-lhes: Em verdade Elias virá primeiro, e todas as coisas restaurará; e, como está escrito do Filho do homem, que ele deva padecer muito e ser aviltado. Digo-vos, porém, que Elias já veio, e fizeram-lhe tudo o que quiseram, como dele está escrito.” Marcos 9:12,13.

Quero chamar a sua atenção para esta fala enigmática de Yeshua a respeito da vinda de Elias. Inicialmente ele diz que “Elias virá primeiro, e todas as coisas restaurará”. Mas na sequência ele diz “Digo-vos, porém, que Elias já veio, e fizeram-lhe tudo o que quiseram”. Perceba que nessas duas frases de Yeshua sobre Elias os tempos verbais são diferentes. Na primeira ele afirma “Elias virá”, no futuro, para depois dizer “Elias já veio”, no passado.

Porque Yeshua falou desta forma? E o que podemos esperar a respeito da vinda deste Elias, e do retorno do Messias?

Para entendermos as palavras de Yeshua precisamos retornar aos profetas de Israel. Há duas referências à vinda do precursor do Messias nos profetas. O primeiro é Isaías que diz:

“Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor; endireitai no ermo vereda a nosso Deus.” Isaías 40:3.

E depois temos o profeta Malaquias, que cita nominalmente Elias dizendo:

“Eis que eu vos enviarei o profeta Elias, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor; e ele converterá o coração dos pais aos filhos, e o coração dos filhos a seus pais; para que eu não venha, e fira a terra com maldição.” Malaquias 4:5,6.

Nas palavras de Yeshua podemos perceber dois momentos do cumprimento profético acerca do precursor do Messias. Um que se cumpriu em João, o batista, que iniciou a pregação da mensagem do arrependimento, levando Israel a uma grande renovação espiritual, preparando os corações para a apresentação do Messias Yeshua.

E um segundo momento em que, antes do grande e terrível dia do Senhor, haverá uma grande restauração no meio do povo de Israel, visando o retorno do Messias.

O livro de Apocalipse narra sobre o aparecimento das duas testemunhas que irão profetizar por três anos e meio, e terão o poder de fechar o céu para que não chova, converterão água em sangue, e derramarão todo tipo de pragas sobre a terra.

Quando olhamos para a história de Elias, vemos que ele aparece justamente cerrando os céus para que não chova por três anos e meio na terra de Israel. As pragas sempre foram uma forma de Deus chamar a atenção das pessoas para a consequências de seus pecados.

O objetivo de toda a profecia, e o objetivo da maioria das catástrofes, é o de levar as pessoas ao arrependimento, o pesar sobre o quão considerável é a eternidade frente a vida terrena, do quão pequena é a esperança nessa vida presente, levando-nos a aproximar de Deus mediante a confissão dos pecados e a fé no amor de Deus.

Não sabemos exatamente se uma dessas testemunhas será o próprio Elias, ou alguém que virá no mesmo espírito de Elias, como foi o caso de João, o batista. Mas, o que quero levar você a refletir é sobre a possibilidade de nós, como discípulos de Yeshua, desde já, vivermos no mover deste espírito de Elias, trazendo ao nosso tempo e a nossa geração a mensagem de restauração prometida no profeta Malaquias.

Antes de anunciar sobre o envio de Elias, o Eterno diz ao profeta:

“Lembrai-vos da lei de Moisés, meu servo, que lhe mandei em Horebe para todo o Israel, a saber, estatutos e juízos.” Malaquias 4:4.

É para isso que Elias é enviado, para levar as pessoas a lembrarem da Torá do Eterno. Precisamos desde já volver nossos olhos para a justiça do Reino de Deus, estampada em sua Torá, e anunciarmos ao mundo que o Rei está voltando, e ele trará justiça e juízo sobre todas as nações.

O Eterno nos abençoe!

#Elias #Yeshua #VoltaDeYeshua #RetornoDoRei #Profecia




14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo